Plano e Projetos

Inicio>Plano e Projetos>Projetos

Projetos

Reabilitação urbana

 

Descrição da Intervenção:
Requalificação integral do edifício do Mercado Municipal dotando-o de condições adequadas à venda de produtos frescos. Este é um edifício estruturante da Cidade, tendo já mais de 30 anos e carecendo de uma profunda intervenção de requalificação dado apresentar patologias associadas à sua construção já antiga.
Localizado na zona baixa da Cidade, o Mercado Municipal é um importante elemento dinamizador da Cidade, com um papel de grande relevo na promoção das complementaridades urbano-rurais.
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 5000m2, distribuída por 2 pisos.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Reabilitação integral da antiga Fábrica Canário Lucas para albergar o museu da indústria de Águeda. Pretende-se manter a estrutura e todos os espaços que constituíram a fábrica, perpetuando lógicas funcionais, contudo garantindo a segurança na sua utilização e inovando na forma como o modo produtivo é dado a conhecer.
Esta intervenção é uma âncora quer do ponto de vista urbanístico, uma vez que reforça dinâmicas funcionais da Cidade entre o centro e a sua expansão nascente – Assequins e Ameal, qualifica o território da ARU a nascente e sustenta novas dinâmicas culturais e económicas fortemente associadas à história industrial de Águeda e ao seu perfil socioeconómico.
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 5000m2 num conjunto edificado com elementos diversos.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Reabilitação de edifício da Casa do Adro onde funciona o Conservatório de Águeda. Este edifício é um prédio antigo, cumprindo os parâmetros de elegibilidade do investimento.
A intervenção visa a reabilitação do espaço que apresenta algumas patologias derivadas da idade e da sua intensa utilização para atividades culturais.
Localizado no centro da Cidade é um espaço de grande relevância no contexto das dinâmicas culturais de Águeda, uma vez que aqui se realizam as atividades do Conservatório.
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 750 m2 distribuída por 2 pisos.
Destaque para a complementaridade com os Projetos “Reabilitação do espaço público envolvente à Casa do Adro”, “Reabilitação de casa de ensaios do Cancioneiro” e “Reabilitação do edifício da Orquestra Típica”.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Reabilitação do espaço público da Casa do Adro atualmente sem condições para o seu uso condigno. Este espaço público enquadra um conjunto edificado onde se registam atividades culturais de múltiplas entidades culturais e associativas, sendo por isso de elevada importância para a valorização e qualificação da Cidade. A intervenção permite, para além de organizar o espaço dotá-lo de condições condignas para que possa ter diferentes usos relacionados com as funções urbanas que suporta.
Na envolvente deste espaço encontram-se vários edifícios intervencionados no âmbito da anterior PRU – Parcerias para a Regeneração Urbana (CEFAS, Orfeão, etc.).
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 5000m2.
Destaque para a complementaridade com os Projetos “Reabilitação do edifício do Conservatório”, “Reabilitação de casa de ensaios do Cancioneiro” e “Reabilitação do edifício da Orquestra Típica”.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Reabilitação de edifício contíguo à Casa do Adro utilizado para fins culturais que se encontra com problemas estruturais a necessitar de serem intervencionados. É um edifício antigo que carece de uma intervenção de reabilitação.
Na envolvente deste espaço encontram-se vários edifícios intervencionados no âmbito da anterior PRU – Parcerias para a Regeneração Urbana (CEFAS, Orfeão, etc.).
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 150m2.
Destaque para a complementaridade com os Projetos “Reabilitação do edifício do Conservatório”, “Reabilitação do espaço público envolvente à Casa do Adro” e “Reabilitação do edifício da Orquestra Típica”.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Reabilitação de edifício contíguo à Casa do Adro utilizado para fins culturais que se encontra com problemas estruturais a necessitar de serem intervencionados.
Na envolvente deste espaço encontram-se vários edifícios intervencionados no âmbito da anterior PRU – Parcerias para a Regeneração Urbana (CEFAS, Orfeão, etc.).
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 150m2.
Destaque para a complementaridade com os Projetos “Reabilitação do edifício do Conservatório”, “Reabilitação do espaço público envolvente à Casa do Adro” e “Reabilitação de casa de ensaios do Cancioneiro”.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Nesta operação prevê-se uma intervenção profunda no principal parque urbano da Cidade. Este espaço integra um conjunto edificado intervencionado no âmbito da PRU – Parcerias para a Regeneração Urbana. Pretende-se qualificar ao nível da organização dos espaços do parque, arborizar e integrá-lo no tecido urbano existente anulando a sua imagem de espaço murado e isolado da Cidade envolvente. Nesta intervenção integra-se ainda o tratamento do arruamento sul, essencial a esta integração com a zona baixa da Cidade.
Integra-se no projeto a intervenção no arruamento confinante a sul, dado ter de ser executado simultaneamente uma vez que corresponde a um espaço de suporte ao terreno.
Esta intervenção ocorrerá numa área de aproximadamente 35000 m2.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
Complementar ao Projeto “Construção de ciclovias e vias pedonais a nascente – Ligações centro/equipamentos escolares e comerciais a Assequins e Ameal”, a presente intervenção visa fechar a rede urbana de ciclovias e circuitos pedonais na zona norte da Cidade, com intervenções específicas na Rua António da Silva Brinco e José Bastos Xavier e Gustavo Pimenta – envolvente de equipamento escolar e fecho do circuito nascente. Num eixo com elevada densidade populacional importa dotar os espaços públicos de condições para que os residentes se desloquem em modos suaves para o emprego e para as atividades quotidianas, nomeadamente para os equipamentos públicos.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.
Descrição da Intervenção:
A presente intervenção realiza-se na Rua da Infantaria 28 e Rua do Outeiro na envolvente imediata da ESTGA e prevê, para além da qualificação do espaço no sentido de criar uma via ciclável e pedonal com caraterísticas adequadas e de segurança, a ligação à cota baixa na lateral da biblioteca Manuel Alegre, com uma solução mecânica de transporte de peões e bicicletas.
Este projeto, previsto no PIMTRA – Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transportes da Região de Aveiro, pretende facilitar a circulação pedonal e ciclável e potenciar a utilização do amplo estacionamento na Av. 25 de Abril como um dos pontos de paragem para os automóveis (TI) e interface para o modo pedonal e ciclável com a facilitação da ligação a cota alta.
Pode aceder ao questionário de satisfação aqui.